domingo, 15 de novembro de 2015

Bedford J2 Diogo - Motor de Arranque, Termostato, Filtro Gasóleo e Depósito

Mais 4 etapas ultrapassadas pelo Diogo:












Motor de Arranque: Antes e depois













Termostato novo












Limpeza do Filtro de Gasóleo















Depósito: Antes e Depois















segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Bedford J2 Diogo - Alternador e Bomba de Água no sítio, colocação das Correias

Enquanto os bancos estofam....





 
 
 
 
 
 
 
 
 
Relas novas
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Alternador reparado e colocado no sítio, falta substituir os cabos, cujo isolante literalmente derrete
Bomba de água no respectivo lugar
Correias novas e com pouca tensão para não estragar rolamentos de alternador e bomba de água.















Um sábado bem passado!

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Bedford J2 Diogo - Início da Desmontagem; Bomba Injectora, Termostato e Correias

Já comecei a fase de desmontagem.
Tirei a bomba injectora pois tem um elemento partido, que está a vir de Espanha.
Tirei a bomba de água que aparentemente está boa.
O alternador estava queimado literalmente.
A seguir vou para os bancos e travões.
Depois tiro ao alternador e restantes componentes.













Bomba injectora reparada de nova












Alternador já reparado também por dentro mas com vestígios da esturradela que deve ter apanhado.




Termostato completamente calcinado mas à espera de novo.

 













2 correias novas

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Bedford J2 Diogo - Já em Trancoso

Mais uma grande contribuição de um amigo do Blog BedfordPortugal:


"É uma bedford j2lc10 chassis longo Motor 3600cc de 1968. Tem uma caixa de carga maior pois na altura foi pedida assim, embora esteja devidamente legalizada

Foi adquirida nova pelo meu Avô e passou grande parte da vida em viagens da Meda para Estarreja e Porto.Acartou muito cereal e produtos hortícolas.
Está parada já há uns bons 15 anos, felizmente sempre em garagem.
Esta em bom estado geral e precisa aqueles mimos do costume, revisão geral nos travões, tubagens novas, óleos e filtros mudados, etc. Merece um restauro em condições, mas para já não dá.
Pegou bem ao fim de tantos anos embora não pare com o descompressor e esteja muito acelerada. Penso que seja o diafragma da bomba injetora ou alguma fuga de ar na tubagem de vácuo que vai à bomba.
Curiosamente para a parar quando a pus a trabalhar desliguei-lhe a alimentação, a bomba e 3 injetores, continuando a trabalhar só com 1!!! Grandes motores!"

















 "Saída da casa onde passou mais de 40 anos em Marialva, para a nova casa em Trancoso."